O ator Stênio Garcia passou por uma situação bastante vexatória nesta quarta-feira (13). Ele estava dando uma entrevista a um programa da RedeTV! quando foi interrompido pela mulher, Marilene Saad, que o retirou à força do local.

A surpresa foi tamanha que é notório o constrangimento do repórter. Ela chegou de modo grosseiro, talvez até violento, e disse que ele não poderia conceder entrevista sem máscara.

“Não pode pegar coronavírus, você não pegou até agora”, disse Marilene, tapando a boca do ator, que pediu por “socorro”. “Não, desculpa, por favor. Acabou!”, completou a mulher de Stênio em resposta ao repórter, que tentava controlar a situação.

As imagens viralizaram nas redes sociais, e os internautas se chocaram com a atitude de Marilene.

“Stênio Garcia merece respeito, como pode alguém como sua companheira o tratar assim, com tanta violência?”, comentou uma seguidora. “Gente do céu, que comportamento é esse da esposa do Stênio Garcia? Que grosseria! De dar medo”, escreveu um internauta. “Não achei graça e fiquei preocupada realmente com o Stênio Garcia. Isso é violência! Se ela faz isso diante das câmeras, o que não acontece por trás? Que a família fique atenta”, alertou outra seguidora (R7)

Assista ao vídeo:

Marilene Saade, mulher de Stênio Garcia, justificou a reação que teve ao vê-lo dar uma entrevista sem o uso de máscara. Ela o retirou à força de uma entrevista e explicou em vídeo o motivo, além de criticar a repercussão do episódio. “Estou sob pressão, querem o quê? Que eu me mate? Ok, posso não ter sido educada. Mas eu não fui educada para proteger a pessoa que é meu companheiro há 24 anos”, falou ela nos Stories do Instagram na noite de hoje.

“Eles querem sensacionalismo. Eu não estava maltratando, eu estava tentando colocar a mascara nele. Não vou deixar vocês me massacrarem. Muitos que nos conhecem falam que se o Stênio chegou bem aos 90 anos porque tem alguém cuidando de você. Quem ama cuida”, acrescentou.

Bem sabemos que vivenciamos tempos sombrios e que a covid-19 levou muitos entes amados. Resta-nos buscar amparo e apoio psicológico e recobrar o equilíbrio após tanto sofrimento. Saúde e sorte ao casal.

RECOMENDAMOS






Colha o dia, aproveite o momento...