Um episódio improvável de agressão contra uma professora causou indignação na Flórida (EUA) nesta semana.

De acordo com informações da emissora NBC Six, a educadora Trisha Meadows precisou ser retirada de maca da escola de educação infantil onde leciona, em Pines Lakes, após ser agredida por um aluno de apenas 5 anos de idade.

À emissora, Anna Fusco, presidente do sindicato de professores da cidade, explicou que a criança tem necessidades especiais. Ela também revelou que Trisha é a terceira docente enviada ao hospital pelo aluno.

O incidente teria ocorrido quando duas crianças começaram a atirar objetos contra os professores e a virar cadeiras da sala de aula.

Na tentativa de separá-las, Trisha levou uma das crianças até uma sala menor, com o objetivo de acalmá-la. Ali, infelizmente, ocorreu justamente o contrário.

professora agredida aluno 10032022172933642 1 - Professora tem lesão grave e é hospitalizada após ser agredida por aluno de 5 anos

Leia tambémApós alta de hospital, idosa é derrubada de maca de ambulância e morre

Segundo o departamento de polícia local, o aluno usou apenas as mãos e os pés durante o ataque, que só teve fim quando a professora conseguiu acionar um policial por meio de um rádio.

Trisha foi encontrada encostada na parede, bastante fraca, e apresentou tosses e vômitos a caminho do hospital. Antes de dar entrada na unidade, deixou de apresentar estímulos.

Para Anna Fusco, o estudante tem mais peso corporal que a professora atacada, o que possibilitou que ela fosse subjugada. Trisha teve uma lesão grave, com necessidade de cirurgia, mas não corre risco de vida.

À NBC Six, Anna relatou que dias antes o mesmo aluno foi acusado de prender outra professora sob uma estante. A educadora perdeu a consciência e teve que ser tratada de uma concussão na cabeça.

O sindicato estuda maneiras de lidar com a criança, que, apesar dos atos reincidentes de violência, não enfrentará qualquer acusação judicial.

Fonte: ND+

RECOMENDAMOS






Colha o dia, aproveite o momento...