Devido o COVID-19, todos se sentiram livres para poder ajudar com a disseminação desse vírus e da mesma forma, o mundo da moda também entrou nessa causa. E além das doações em dinheiro com o intuito de auxiliar hospitais que estão tomando a frente com as emergências, o mundo da moda também transformou toda sua produção comercial em vestidos, máscaras e produtos necessários para o povo médico.


Segundo a Armani, eles irão utilizar todas as suas fábricas para realizar a produção de produtos descartáveis para os enfermeiros e médicos que infelizmente ainda estão trabalhando nos hospitais sem as devidas proteções por estarem em falta.

Se contarmos todas as doações feitas pela Armani para ajudar os hospitais italianos que estão cuidando dos casos do corona vírus na linha de frente, chega a 2 milhões de euros, em que estão inclusos Spallanzani em Roma, o hospital que fica em Bergamo e Luigi Sacco em Milão.

Giorgio Armani, decidiu também prestar homenagens a todos os heróis com uma linda mensagem que se espalhou por diversas redes sociais:


“É emocionante vê-lo envolvido em seu trabalho com as dificuldades e grandes esforços que o mundo inteiro agora conhece. E acima de tudo te vejo chorar. Acho que esse sentimento se deve ao meu desejo de seguir uma carreira médica quando jovem e procurando meu caminho. Todo Giorgio Armani é sensível a essa realidade e está próximo de todos: do maca ao enfermeiro, do clínico geral a todos os especialistas do setor. Estou pessoalmente perto de você ”.

Fonte indicada e adaptada: Green Me

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.