No primeiro dia de março do ano de 2020, Joseph Flavill, britânico, estava com 18 anos, e foi atropelado em Staffordshire, local onde mora, localizado no interior da Inglaterra. Devido uma lesão cerebral, ele ficou em coma por 10 meses, e acordou sem a menor noção do que estava acontecendo em todo o mundo, a pandemia do novo coronavírus.

Joseph chegou a contrair a covid-19 duas vezes, mas se recuperou bem. Nas últimas semanas, ele vem trabalhando seu consciente, conseguindo comunicar também com sua família, já que na época seus familiares não podiam visitá-lo, tendo contato apenas através de chamadas de vídeo.

No dia em que Flavill entrou em coma, o Reino Unido tinha registrado apenas 23 casos de contaminação, e até então nenhuma morte.

“Quando ele realmente se recuperar, a vida não vai ser a que ele conhecia. Acho que vai ser um choque para ele. Ainda estamos lidando com isso tudo. Não sei como você pode descrever para alguém como tem sido essa pandemia”, contou a tia dele, Kate Yarbo, em entrevista com à imprensa local.

Fonte indicada e adaptada: R7

RECOMENDAMOS






Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.