Uma campanha de vacinação contra a Covid que vem ocorrendo em Spryfield, nos EUA, está usando cães de terapia para ajudar a criar um ambiente calmo e de apoio para pessoas que tem medo de agulhas.

A imunização ocorre todas as tardes na clínica de medicina familiar da Dalhousie University no Spryfield Wellness Center.

1 2 - Cães 'terapeutas' são usados para ajudar pessoas com medo de agulha no momento da vacinação

Leia também: Greta Thunberg diz ao Senado que cuidado de líderes brasileiros ao meio ambiente é ‘vergonhoso’

A ideia da clínica veio de um jovem com síndrome de Down que tem medo de agulhas, disse a Dra. Karen McNeil, médica de família que trabalha na clínica-escola.

“Devemos reconhecer que não existe apenas este senhor, há muitas pessoas por aí que têm ansiedade em relação às vacinas”, disse ela.

A clínica temporária é para pessoas com 12 anos ou mais que procuram uma primeira ou segunda dose da vacina Pfizer COVID-19.

2 2 scaled - Cães 'terapeutas' são usados para ajudar pessoas com medo de agulha no momento da vacinação

McNeil disse que a clínica anteriormente hospedava mutirões para as vacinas Moderna e AstraZeneca, e as consultas tinham intervalos de cinco a seis minutos. Para esta clínica, o intervalo será de 15 minutos, disse ela.

McNeil disse que as pessoas que trabalham na clínica compreendem a ansiedade que os vacinados estão enfrentando. “Acho que as pessoas estão vindo e não esperam que alguém vá querer cutucá-las e depois mandá-las de volta para a recuperação, onde passam 15 minutos esperando”, disse ela.

3 1 - Cães 'terapeutas' são usados para ajudar pessoas com medo de agulha no momento da vacinação

Leia também: Casal é obrigado a devolver bebê adotada porque seus pais biológicos a “pediram de volta”

Como parte da ajuda para que as pessoas se sintam confortáveis, haverá cães de terapia e tratadores da Ambulância St. John.

McNeil disse que a clínica é destinada a pessoas com ansiedade de agulhas, não com fobia de agulhas, que é um medo muito mais extremo de agulhas. Nem para pessoas que se sentem confortáveis ​​com o processo de vacinação.

Ela disse que cerca de 10 por cento da população tem ansiedade em ser vacinada, que é amplamente restrita a indivíduos entre o final da adolescência e o final dos 30 anos.

Fonte: CBC

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS






Colha o dia, aproveite o momento...