John Nicotera, de 33 anos tinha em mente pedir sua namorada Erica Pendrak, de 26, durante uma viagem que seria feita no estado de Oregon, mas infelizmente a viagem foi cancelada devido a pandemia.


Os dois são professores, e se conheceram pelas redes sociais e já estavam juntos há um ano e meio. John contou a imprensa americana que queria pedir Erica em casamento no fim do ano passado, e que com a quarentena eles poderiam se conhecer melhor, como um teste para saber se dariam certo.

“Ficar preso em casa o tempo todo pode ser difícil e nós não tivemos um único problema. Sinto que a fase de lua de mel do relacionamento pode ter passado e esse foi um grande teste. Descobrimos como lidar com os problemas um do outro, sabe?”, contou ele à publicação INSIDER.

063 1257942265 - Casal fica noivo durante rara passagem de cometa

John diz ser “viciado em espaço” e costuma acompanhar todas as novidades da SpaceX e da Nasa, e por esse seu interesse descobriu que um raro cometa estaria visível no hemisfério norte entre os dias 15 e 23 de julho.


Teve a ideia então de levar Erica em um acampamento de sua família que se encontra em Old Forge, Nova York.

Erica conhecia os interesses pelo espaço de seu namorado, e por isso não desconfiou de nada, e não esperava por um lindo pedido de casamento.

“Ele realmente se interessa bastante pelo espaço”, contou Erica Pendrak, “então ele querer ver o cometa não era algo fora do comum”.

Logo depois que o sol se pôs, John se ajoelhou: “Eu só lembro da quantidade de felicidade que passava por mim”, explicou ele ao Insider. “Eu apenas pensava ‘estou apaixonado por essa garota, vou fazer isso’ ”.

O fotógrafo e amigo de John, Tim Leach foi quem fotografou os dois durante o pedido.

“Eu enviei uma mensagem para Tim e disse: ‘ei, você tem binóculos?’ Ele respondeu ‘não’. Então, alguns minutos depois, ele perguntou: ‘e se eu for encontrar vocês’ com a namorada dele. ‘Eu vou tirar fotos do cometa e vocês podem vê-lo pela minha câmera”, contou John.

“Plano de última hora para uma memória que vai durar por toda uma vida” disse Tim.


O cometa cujo nome Neowise, só é visível no hemisfério norte a cada 6.800 anos.

Fonte indicada: G1

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.