De apenas 4 anos, uma criança chamada Lily Wilder estava passeando junto a seu pai quando encontrou a pegada de um dinossauro em uma rocha na praia que fica no sul do País de Gales. O item foi para o museu nacional local e receberá o nome da criança que o encontrou.

A pegada tem cerca de 10 cm de comprimento. E o responsável possui entre 75 cm de altura e 2,5 m de comprimento, podendo ter vivido há 220 milhões de anos, de acordo com o museu Amgueddfa Cymru – Museu Nacional do País de Gales, o novo responsável pela pegada.

Não costuma ser raro encontrar registros de dinossauros no local onde foi encontrado, “Muitas das outras pegadas encontradas em Bendricks Bay no passado provavelmente não eram de dinossauros, mas de alguns dos répteis do tipo mais crocodiliano que também habitavam a área”, revelou o museu.

Por conta deste motivo, a praia é uma propriedade privada. É uma propriedade do British Institute for Geological Conservation, uma instituição que conserva essas áreas ambientais.

Fonte indicada e adaptada: UOL

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.