A forma como as pessoas que possuem o TEA (Transtorno Espectro Autista) de perceber e sentir o mundo ao seu redor costuma ser diferente das outras pessoas.

Tendo isso em mente, uma escola localizada na cidade de Paraná, concordaram em colocar na base de todas as mesas e cadeiras, bolinhas de tênis para que não houvesse o atrito da cadeira com o piso, de modo que cortava o barulho que normalmente estressava o garoto autista que faz o ensino fundamental.

A ideia se teve início a partir de uma publicação feita pela mãe de Geremías, feita pelas redes sociais. Ela conta o quanto o ruído das cadeiras e mesas com o chão o atordoava e o deixava irritado, de modo que atrapalhava o aprendizado de seu filho.

O menino possui notas excelentes e um ótimo comportamento motivo para ser o aluno destaque de sua turma. Mas, infelizmente comentava com sua mãe o quanto isso o incomodava.
78711074 3035451273151533 2708643746815148032 n 545x349 - Escola coloca bolas de tênis em cadeiras para aliviar ruído que atordoava criança autista

O post viralizou e acabou chegando a sua respectiva escola, que logo em seguida entrou em contato com a mãe dizendo que tomaria uma certa iniciativa.

A escola colocou centenas de bolinhas de tênis nos pés das mesas e cadeiras, e assim como relatou os professores: foi o fim da ‘Era do Barulho’.

Outras escolas então decidiram adotar a ideia. Confira abaixo:

Fonte indicada e adaptada: Razões para acreditar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.