Com apenas 4 mil indígenas morando na tribo Huaorani, a vida na aldeia era selvagem. Os indígenas se alimentam de macacos, que os caçadores atiram soprando agulhas envenenadas de canos especiais, cozinham comida no fogo e não conhecem outras roupas, exceto tangas.

indio1 - Fotógrafo fica em aldeia na Amazônia por 12 dias e o resultado das fotos é fascinante

O choque do fotógrafo britânico Pete Oxford foi inevitável. E seu trabalho lá rendeu vários cliques de perder o fôlego.

Os pés evoluíram de forma diferente do resto da humanidade, se tornando completamente tortos pois assim se torna mais fácil escalar as árvores a procura de alimento, são estendidos e curvados e, além disso, geralmente têm seis dedos.

indio3 - Fotógrafo fica em aldeia na Amazônia por 12 dias e o resultado das fotos é fascinante

“Os Huaorani são povos da floresta que vivem em harmonia com seu ambiente natural. Hoje, eles enfrentam o perigo de mudanças radicais em sua cultura tradicional, pois a produção de petróleo começou perto de seu território.” disse o fotógrafo.

indio2 - Fotógrafo fica em aldeia na Amazônia por 12 dias e o resultado das fotos é fascinante

Os homens da tribo vão caçar, as mulheres criam os filhos. Devido ao pequeno número de grupos, muitas vezes relacionam-se entre primos e irmãos. Os homens ainda podem ter até três esposas se desejarem.

indio4 - Fotógrafo fica em aldeia na Amazônia por 12 dias e o resultado das fotos é fascinante

As imagens são chocantes e exuberantes, exibem uma natureza e sociedade vistas por poucas pessoas.

indio5 - Fotógrafo fica em aldeia na Amazônia por 12 dias e o resultado das fotos é fascinante

indio6 - Fotógrafo fica em aldeia na Amazônia por 12 dias e o resultado das fotos é fascinante

Fotos: Pete Oxford

Fonte indicada e adaptada: Nesse Universo

RECOMENDAMOS






Colha o dia, aproveite o momento...