No programa do Caldeirão do Hulk, que aconteceu nesse último sábado(26), teve a honra de receber Robeilton Souza, no famoso quadro “Quem quer ser um milionário”. Com apenas 25 anos, o jovem formado em direito, voltou para casa com R$ 100 mil em seu bolso, dizendo que o dinheiro seria para ajudar sua família e uma comunidade carente, próxima de onde mora, Euclides da Cunha, interior da Bahia.

Ele conta que com apenas 8 anos de idade já teria determinado sua profissão. Robeilton revela que seu pai fez xixi na rua, e por isso foi levado para a delegacia, já que a ação é considerada uma contravenção penal. “A patroa do meu pai tinha um filho advogado. Luciano, imagina a figura de um advogado!”, explicou ele.

“Era um homem alto, branco, carequinha, óculos de grau, terno preto e gravata vermelha. Quando ele chegou com meu pai, eu perguntei o que ele fazia. E meu pai disse que ele era advogado. Foi nesse dia que eu decidi que seria advogado”, relembrou.

O jovem de 25 anos também revela a importância da educação: “De toda a ramificação da família, eu sou o primeiro a ter ensino superior. Tenho muitos amigos em São Paulo, que são de Euclides da Cunha, e sempre falo para eles que não importa se dormem 2h, 3h, ou 4h por dia. Eles precisam procurar uma faculdade e curso que gostem”, analisou.

Logo depois que ele resgatou seu prêmio no programa, Robeilton fez questão de mandar uma mensagem para sua mãe: “Queria lhe agradecer por não ter desistido de criar a gente. Quando saí de casa, a senhora falou que até R$ 5mil é dinheiro. Até cem reais é dinheiro para uma família humilde que batalha para conseguir o pão de cada dia! Não cheguei no milhão, mas eu lhe amo um milhão de vezes”, contou Robeilton emocionado por tudo.

Fonte indicada e adaptada: ObservatoriodaTv

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.