Quão pode ser o vínculo entre uma mãe e uma filha?! María Laura Ferreyra de 42 anos, já está em coma há um mês, e teve a visita de sua filha caçula de apenas 2 anos.

A menina subiu na maca e fez um barulho que costumava fazer sempre que estava com fome. Subitamente, a mãe acordou e começou a amamentá-la.

Depois de um mês em coma, Maria acordou e amamentou sua filha caçula que foi visitá-la no hospital.

Ela ainda não está totalmente consciente, porém, sua resposta surpreendeu a todos e re-animou sua família, que com muita esperança esperam ela retornar para sua casa o mais breve.

Martin Delgado, marido de María,revelou em entrevista a um jornal argentino que sua esposa claramente reconheceu sua filha e que “ela a tocou como costumava fazer antes do acidente”.

No final de outubro, a mãe, que mora em São Francisco com sua família, na província de Córdoba, Argentina, foi violentamente agredida devido a um assalto e entrou em estado vegetativo.

Os médicos que cuidaram dela, informaram que as agressões que ela sofre foram tão graves que poderia ter lhe causado morte cerebral. Com isso, chegaram a avisar que as chances de sobrevivência dela seriam “mínimas”.

Depois de quinze dias após o primeiro diagnóstico, os médicos realizaram uma tomografia computadorizada e realizaram que ela ainda possuía atividade neurológica, dando sinais de que ela poderia acordar.

Com sua saúde fragilizada, seus filhos não podiam vê-la diariamente, e quase nunca a viam.

Após conversas e os médicos autorizarem, sua filha caçula pôde vê-la e então aconteceu de estimular María a realizar as ações que realiza enquanto ainda não havia sofrido o acidente.

“O momento foi mágico e emocionante para toda a nossa família”, relatou seu marido. “Naquele momento, foi impossível não perceber o instinto único de mãe dela”, concluiu.

Fonte indicada e adaptada: Razões para acreditar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.