Todos os dias, vários pedidos inusitados são feitos para a polícia mas às 2 horas da manhã de 28 de janeiro, eles receberam um curioso pedido: fórmula para um bebê.

Shannon Bird amamentou seus 4 filhos mas ao não conseguir amamentar sua filha Londres, de 6 semanas, ela não sabia o que fazer.

“Nunca tive complicações com a amamentação”, disse Bird mas com uma combinação de medicamentos, acha que pode ter sido isso que não a permitiu que amamentasse sua bebê caçula.

Ela conta que ligou para o marido que estava fora da cidade para que ele pudesse dar-lhe uma ideia do que fazer, ligou aos vizinhos para pedir ajuda mas não tinha ninguém acordado.

Os outros filhos dormindo, um deles até engessado. Parecia uma situação sem nenhuma escapatória.

bebe1902 - Mãe liga para o 190 na madrugada porque precisava desesperadamente de fórmula e policiais entregam

Até que, como última solução, ela decidiu ligar para a polícia. “Eu nunca estive nessa situação. Meu leite literalmente secou” disse Bird à polícia “Este é o meu quinto filho e isso nunca aconteceu.”

Os policias, Wagstaff e Gabbitas, ao ouviram que a bebê precisava de leite, levaram a mulher um galão de leite. Ao chegarem lá e perceberem que a neném era nova demais para tomar leite de vaca disseram à mãe “Voltaremos com alguma fórmula para o seu bebê. Ela é adorável.”.

Então foram a loja e compraram a fórmula para a mulher: “É o mesmo material que damos à minha filha quando ela nasceu, por isso espero que isso não perturbe seu estômago”, disse Wagstaff, pai de três filhos.

Bird disse que não esperava que os policiais obtivessem a fórmula para ela. Seu plano inicial era ir à loja sozinha e deixar os policiais sentados do lado de fora da casa, enquanto a filha de 8 anos olhava para os irmãos adormecidos.

Além de comprarem a fórmula para a mãe desesperada, os policiais não deixaram que ela pagasse. “Eles foram além e me ajudaram quando eu mais precisava”.

5e50516da9f40c11cd33bb9d - Mãe liga para o 190 na madrugada porque precisava desesperadamente de fórmula e policiais entregam

Embora tenha sido a primeira vez que Wagstaff respondeu a esse pedido, ele disse que não é diferente de nenhuma outra emergência. “Não acho que exista um oficial no mundo que tenha agido de maneira diferente. Todos nós entramos neste trabalho por diferentes razões, mas todos os oficiais que conheço querem apenas ajudar as pessoas”.

Fonte indicada e adaptada: CNN

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Mariana Marques
Sou estudante, apaixonada por Harry Potter, mãe da Elisa (que está pra nascer) e decidi criar, juntamente com o meu namorado Lucas, a Revista Carpe Diem. Vamos falar de temas atuais, sempre com foco na sustentabilidade e na divulgação de ações humanitárias.