Um dos maiores atacantes do futebol, Sadío Mané jogador do Liverpool, da Inglaterra e junto ao seu time foi campeão da “Liga dos Campeões da Europa” de 2019. Mané possui um salário de um astro do futebol, afinal, é o que ele é. Mas não é do tipo de jogador que gosta de ostentar.

“Para que quero 10 Ferraris, 20 relógios com diamante e dois aviões? O que faria isso pelo mundo? Eu passei fome, trabalhei no campo, joguei descalço e não fui ao colégio. Hoje posso ajudar as pessoas. Prefiro construir escolas e dar comida ou roupa às pessoas pobres”, foi o que relatou em entrevista com à Teledakar.
sadio1 - “Pra que quero 10 Ferraris, prefiro construir escola” fala do atacante do Liverpool emociona a todos

Natural do Senegal, e mais conhecido como Mané nunca esqueceu de suas raízes e do que viveu. Segundo o atacante, para ele não se tem sentido em ostentar riquezas quando passou grande parte de sua vida, lutando contra a fome e a pobreza.

Sadío doa 70 euros a todas as pessoas de uma comunidade do país da África.“Dou 70 euros por mês a todas as pessoas em uma região muito pobre de Senegal para contribuir com sua economia familiar”.

Além disso, o jogador do Liverpool busca por soluções para combater a fome e a pobreza com ações sociais. “Construí escolas, um estádio, proporcionamos roupa, sapatos e alimentos para pessoas em extrema pobreza.” disse o jogador.

Fonte indicada e adaptada: hypeness


RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS




Lucas Mendes
Viciado em games, estudante de Educação Física na UFG, pai da Elisa (que ainda está pra nascer) e apaixonado por futebol. Em parceria com minha namorada Mariana, criamos a Carpe Diem com o objetivo de espalhar notícias boas e positivas. sempre antenados com a preservação ambiental.