“Ele disparou a arma mesmo que a cena não exigisse”, explicou a supervisora de roteiro que hoje processa Alec Baldwin por sua responsabilidade na morte de Halyna Hutchins no meio das filmagens.

Quase um mês após a filmagem acidental de Alec Baldwin no meio das filmagens de seu próximo filme estilo “cowboy” ceifou a vida da diretora de fotografia Halyna Hutchins, alguns detalhes ainda estão surgindo sobre o fato, que atualmente está em investigação.

A supervisora ​​do roteiro do filme, Mamie Mitchell ajuizou, conforme publicado no jornal Metro, na última quarta-feira, 17, um processo em desfavor de Alec Baldwin e outros produtores de “Rust” por sua responsabilidade no ato e também por “tirar a alegria da vida”.

1 44 1 - Supervisora processa Alec Baldwin: ele teria disparado “intencionalmente” e que o disparo não estava no roteiro do filme
Getty Images

A supervisora de roteiro afirma que o ator Alec Baldwin disparou “intencionalmente” uma arma contra a cineasta Halyna Hutchins no set de filmagem “Rust”, desconsiderando o protocolo estabelecido no tiroteio mortal, de acordo com um novo processo aberto na quarta-feira, 17. Em entrevista coletiva, ela disse: “Eu vi Alec fazendo seu movimento com a arma para a câmera”, disse Mamie Mitchell, a supervisora de roteiro no set, que ligou para o 911 quando Baldwin atirou e matou Hutchins e feriu o diretor Joel Souza em 21 de outubro.

A ação movida pelo profissional alega agressão, afirmando que a ação do ator lhe causou sofrimento emocional e inflição deliberada de dano. Indica ainda que a cena em que ocorreu o tiroteio não exigia o disparo de arm:.

“Alec Baldwin intencionalmente, sem justa causa ou desculpa, engatilhou e disparou a arma carregada, embora a próxima cena a ser filmada não exigisse engatilhar e disparar a arma de fogo “, acrescentou a advogada de Mitchell, Gloria Allred. “O Sr. Baldwin escolheu jogar roleta russa com uma arma carregada, sem verificá-la e sem o armeiro fazendo isso”, afirmou.

“O Sr. Baldwin não pode se esconder atrás do diretor assistente para tentar desculpar o fato de que ele não verificou a arma sozinho “, disse Mitchell, que estava testemunhando a cena que terminou em tragédia.

Para a supervisora de roteiro, Baldwin deveria ter presumido que a arma estava carregada até que fosse verificada.

À medida que a investigação prossegue, não há dúvida de que o mundo de Hollywood ficou tão surpreso com o acidente que começou a apertar as medidas de segurança para que tais tragédias não voltem a acontecer.

Fonte: UPSCOL e Metro

RECOMENDAMOS






Colha o dia, aproveite o momento...