Esse sábado dia 12, os visitantes do Parque Nacional Grampians, em Victoria, na Austrália presenciaram uma verdadeira tragédia: Rosy Loomba, de 38 anos caiu de um penhasco de 80 metros, cerca de 27 andares de um prédio.

Ela havia ultrapassado a barreira de segurança imposta para poder tirar uma foto na beira quando tropeçou e acabo despencando no local.

Segundo testemunhas, os gritos da mulher foram ouvidos enquanto ela caia mas nada pode ser feito. A mulher, que estava acompanhada do marido e do filho, morreu na queda.

Após horas de escalada e buscas, o serviço de emergência local recolheu o corpo da mulher para que a família pudesse lhe dizer um último adeus.

“Comentei com meus clientes que isso [pessoas subindo pela barreira de proteção] acontece o tempo todo”, disse. “E um dia desses, [falei que] alguém iria cair. Estou triste que isso tenha acontecido” afirmou Graham Wood, o guia turístico local.

Fonte indicada e adaptada: Uol

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Mariana Marques
Sou estudante, apaixonada por Harry Potter, mãe da Elisa (que está pra nascer) e decidi criar, juntamente com o meu namorado Lucas, a Revista Carpe Diem. Vamos falar de temas atuais, sempre com foco na sustentabilidade e na divulgação de ações humanitárias.